fbpx
CPJUR aprovou 90% de seus alunos no OAB!

Como escolher a área do Direito para trabalhar?

Como escolher a área do Direito para trabalhar?

Milhares de estudantes brasileiros ocupam as cadeiras universitárias no curso de Direito. O Brasil é um dos países que mais insere no mercado de trabalho o profissional das leis.

cpjur área do direito

Segundo o levantamento Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça, o país conta com 102 milhões de processos, ou seja, são 102 processos para cada advogado.

Os números são maiores ainda segundo o levantamento da OAB. São 1.171.206 de advogados registrados em todo o país. Porém, por ser uma área tão ampla e concorrida, como escolher o segmento de atuação?

Para nos ajudar a responder a questão acima, conversamos com Caio Bartine, advogado tributarista e professor do Centro Preparatório Jurídico (CPJUR) sobre a escolha da área do direito. Leia:

No decorrer dos 5 anos de graduação, como o aluno deve procurar pelas afinidades na área do direito? Disciplinas, professores ou outras inspirações?

As afinidades variam de pessoa para pessoa. Tem alunos na graduação que almejam, desde o início, um determinado cargo público, seja por influência da família ou amigos.

Outros acabam enveredando para determinadas áreas de atuação pelos professores de cada disciplina; dificilmente o aluno opta por uma matéria que não teve afinidade e, quase a totalidade dos alunos acabam tendo afinidade pela forma de abordagem de cada professor.

Fazer um estágio contribui na decisão da escolha da área? Como funciona o processo de busca? Há grande oferta no mercado?

Fazer um estágio pode abrir os horizontes de determinada matéria, mas não é o ponto principal. Muitos acabam fazendo o estágio pela necessidade de horas para a conclusão do curso e a forma que a chefia atua, seja no escritório ou órgão público, acaba gerando mais desmotivação do que a motivação.

Geralmente os principais escritórios escolhem alunos das principais faculdades do país para os estágios, tornando-se um processo dificultoso, por mais que tenhamos cerca de 120.000 bacharéis em Direito todos os anos.

Agora, para aqueles que demonstram ser bons profissionais, o mercado sempre tem uma vaga.

Já no período da OAB, a escolha da área optativa da prova deve seguir o mesmo raciocínio?

Prova de segunda fase é como tirar a carteira de motorista: geralmente, só se dirige daquela forma no dia da prova!

É óbvio que a área de estágio ou atuação acaba fazendo com que o aluno tenha aquela disciplina em evidência, mas a escolha para a prova da segunda fase deve se embasar, principalmente, na análise de direito material e não de direito processual.

Leia aqui sobre como funciona a prova da OAB.

cpjur área do direito

Caso o profissional queira mudar a área escolhida no período da universidade e ir para o mercado, quais os passos a serem seguidos? Uma especialização ou MBA são caminhos certos?

Se o aluno que, por exemplo, esteja interessado num concurso público e no meio do caminho desejar trilhar o exercício da advocacia, alguns cursos podem auxiliá-lo a se recolocar melhor no mercado de trabalho.

Cursos de especialização e de extensão podem auxiliar, e muito, o desenvolvimento profissional do aluno. Caso haja interesse em seguir a carreira acadêmica, as pós-graduações stricto sensu (mestrado e doutorado) são fundamentais.

O mais importante é fixar uma meta e traçar o caminho para alcançar o sucesso, seja na iniciativa pública ou privada.

Gostou do artigo? Comente abaixo o que achou sobre a escolha da área do direito! Aproveite e inscreva-se no canal do Youtube do CPJUR.

Planner para OAB

Estudando muito para a prova da OAB? O CPJUR quer te ajudar nessa! Baixe o nosso Planner, um material ótimo para você se organizar. Preencha o formulário abaixo e faça o download agora mesmo!

Facebook Comments

2018-07-24T09:43:11+00:00